Studio dos Cachos | Dia da Consciência Negra
Conscientizar e valorizar. Essas palavras também são partes integrantes da filosofia do Studio dos Cachos®, que somadas ao empoderamento e a atitude de assumir sua própria identidade e personalidade sem receios ou medos fazem com que você, encaracolada natural que nos acompanha frequentemente, tenha uma visão ampliada dessas características não somente estéticas, mas também reflexivas
negra, consciência, humano, raça, cor, credo, cachos, cabelo cacheadao, encaracolado, crespo, crespíssimo, studio dos cachos
5844
single,single-post,postid-5844,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,

Dia da Consciência Negra

Conscientizar e valorizar. Essas palavras também são partes integrantes da filosofia do Studio dos Cachos®, que somadas ao empoderamento e a atitude de assumir sua própria identidade e personalidade sem receios ou medos fazem com que você, encaracolada natural (ondulada, cacheada, crespa ou crespíssima) que nos acompanha frequentemente, tenha uma visão ampliada dessas características não somente estéticas, mas também reflexivas.

E no dia 20 de novembro comemoramos em todo território nacional o Dia da Consciência Negra, data essa instituída em homenagem ao personagem Zumbi dos Palmares que lutou bravamente junto ao seu povo contra a escravidão. A valorização dessa data é de suma importância pois sabemos da representatividade da população negra hoje no Brasil, que segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) ultrapassa a marca de 54% em dados recentes.

Aliando-se a esses números e trazendo para o nosso universo encaracolado, temos a plena convicção de que a luta ainda continua em relação a igualdade em alguns aspectos da sociedade que ditam modas estéticas e capilares onde as cacheadas estão inseridas.

O Dia da Consciência Negra inspira reflexões importantes sobre o verdadeiro papel do empoderamento feminino nesse contexto, afinal todos os dias temos disseminado a filosofia de que, assumir a real personalidade como encaracolada natural, torna nossa sociedade mais responsável com as diferenças, tanto no aspecto físico bem como capilar. Refletir sobre o tema racial não se resume apenas em fatos históricos, mas trazer para a nossa realidade os avanços sociais que dela extraímos através das experiências vividas na pele por comunidades outrora escravizadas.

Evoluir para acabar com todo e qualquer preconceito

diversidade

Eis a chave do verdadeiro espírito humano em pleno desenvolvimento, por uma sociedade mais justa com as inúmeras diferenças que delas participamos todos os dias. Que não sejam apenas memórias em um Dia da Consciência Negra, mas que possamos refletir sobre a Consciência Humana, sempre.

 


Gostou do nosso artigo?

Se você gostou do que leu e deseja receber nossas novidades em seu e-mail, preencha abaixo que manteremos você atualizada(o):

Sem comentários

Faça um comentário